TOP
BFS Portugal Portugal

“ALUGUEL DE CASA EM PORTUGAL: TUDO QUE VOCÊ PRECISA PARA FAZER UM BOM NEGÓCIO 🏠🇵🇹”

Mercado de Imóveis em Portugal

Nesta minha entrevista com o Giovani Oliveira, ele conta para a gente com propriedade tudo o que você precisa saber para alugar ou comprar uma casa em Portugal. Ele explica sobre os valores dos imóveis nas principais regiões do país, fala a respeito da necessidade de um fiador e apresenta um jeito simples e seguro de você encontrar um residência ainda do Brasil.

 

Confira abaixo o vídeo na íntegra da nossa entrevista sobre casa em Portugal:

Se preferir a leitura, segue abaixo um resumo detalhado do nosso bate-papo:

 

MERCADO DE IMÓVEIS EM PORTUGAL

Giovani explica que a imigração de brasileiros em Portugal está fomentando o mercado imobiliário.

Por conta deste “bum” na procura por imóveis, o valor dos aluguéis – arrendamentos, como são chamados em Portugal – está aumentando consideravelmente.

Segundo Giovani, há dois anos o valor para aluguel e compra de um imóvel era 50% menor do que é praticado hoje em dia.

“Um imóvel de dois quartos completo que você alugar por 600 euros hoje, antigamente você alugava por 300, 350 euros, facilmente!”

Ele conta que, de acordo com estatísticas, a previsão é de que essa crescente no valor continue por alguns anos.

Por isso, indica para quem está começando a se planejar agora, que se prepare contando com essa margem. Pois, geralmente, as pessoas se planejam por meses ou anos para fazer uma mudança de país e, quando elas efetivamente chegam a Portugal, encontram um valor de imóveis fora da sua programação.

 

QUANTO TEMPO DEMORA PARA ALUGAR UMA CASA EM PORTUGAL?

Giovani explica que depende da região em que a pessoa está buscando. Mas, em geral, está levando de 15 à 30 dias para encontrar algo.

Segundo ele, nas grandes cidades a demora é por conta da demanda, pois há muitas pessoas buscando apartamento na região.

Já nas cidades remotas o problema é que a rotatividade dos imóveis não é muito grande. Ou seja, apesar de não ter muita procura, também não tem muita oferta.

“Uma média de 30 dias para achar algo é importante considerar sim, porque às vezes é difícil.”

Giovani explica que, mesmo depois que você encontra um apartamento, alugar não é tão simples assim. Geralmente, já têm outras pessoas também interessadas e, por isso, inicia uma disputa pelo imóvel.

PREÇO DOS IMÓVEIS EM PORTUGAL

Fazendo uma comparação entre as 3 grandes cidades de Portugal, Giovani relata que o valor de um imóvel de dois quartos está em média:

  • Em Lisboa: entre 1.100 à 1.200 euros;
  • Em Porto: entre 800 à 850 euros;
  • Em Braga: em média 600 euros.

Em Braga, é possível encontrar quartos em uma casa compartilhada por 300 euros. Já em Lisboa, com esse mesmo valor você encontra apenas uma cama em um quarto compartilhado.

Para quem está pensando em comprar um imóvel, Giovani explica que os valores variam de acordo com as freguesias e o estado do imóvel. Porém, ele dá alguns exemplos para imóveis de dois quartos:

  • apartamentos: Variam entre 70 a 150 mil.
  • apartamento luxuosos: acima de 200 mil.
  • casas novas: acima de 200 mil.
  • casas mais antigas (20 a 30 anos): é possível comprar a menos de 200 mil.

 

CONSIDERE OUTROS BAIRROS E FREGUESIAS

Giovani explica que muitas pessoas quando estão planejando sair do Brasil, têm acesso somente a conteúdos que falam sobre os grandes centros. Por isso, elas acabam desconsiderando bairros e cidades mais afastadas.

Porém, estes locais são mais baratos e maravilhosos para se viver. E, diferente do Brasil que as pessoas demoram horas para se locomover devido ao trânsito, por lá em poucos minutos você chega aos grandes centros.

“Em um raio de 50km têm várias cidades ao redor e em 30 minutos você faz um trajeto para qualquer centro, porque as estradas são excelentes, verdadeiros tapetes para se andar.”

Segundo Giovani, em bairros a 15 minutos do centro de Braga é possível encontrar imóveis com valores até 40% mais baratos do que os praticados no centro da cidade.

“É uma boa pedida para quem quer viver em uma cidade grande mas está preocupado com os altos custos do arrendamento.”

ALUGANDO UM IMÓVEL EM PORTUGAL AINDA DO BRASIL

Hoje, o Giovani desenvolveu o projeto “Chaves na Mão“, que ajuda brasileiros a encontrarem um imóvel em Portugal ainda do Brasil.

Ou seja, você não precisará se preocupar com as diárias do Hotel ou do Airbnb enquanto está angustiado em busca de um imóvel. E, vai poder chegar em sua nova casa podendo desfazer todas as malas desde o primeiro dia!

Além disso, Giovani relata que te ajuda com o que você precisar para chegar com tudo pronto:

  • ele envia fotos, vídeos e audio explicativo sobre a residência e o bairro;
  • liga a água, a luz e o gás;
  • instala os serviços de telefone, internet e tv;
  • te aguarda em frente ao seu imóvel no dia da sua chegada para lhe entregar as chaves e dar boas vindas;
  • te guia, em um dia de sua escolha, pela cidade para lhe apresentar a cidade, comércio, SEF, mercado, entre outros.

“eu gosto de ajudar, porque eu sei que mudar de país não é igual a mudar de bairro… eu já passei por isso.”

Para saber mais sobre o Chaves na Mão e como você pode contratar esse serviços, clique aqui!

VALOR DO DEPÓSITO PARA QUEM NÃO TEM FIADOR

Caso a pessoa não tenha fiador, Giovani explica que é preciso dar um depósito de segurança, o que chamam de caução.

Ele conta que essa é uma prática normal do mercado, que acontece em qualquer lugar do mundo.

“Quando você quer alugar um imóvel e não tem um fiador, eles pedem um valor adiantado.”

Segundo Giovani, esse valor varia de proprietário para proprietário (ou imobiliária para imobiliária). Mas, o normal praticado no mercado são de seis rendas adiantadas. Ou seja, o valor equivalente a seis aluguéis.

Desse valor:

  • 2 rendas são equivalentes a dois meses de aluguel;
  • 4 rendas são de “caução ou depósito”, que ficam na conta da imobiliária e se, ao final do contrato o imóvel estiver certinho, esse valor é devolvido.

Giovani diz que já viu casos de proprietários que pediram 12 rendas adiantadas. Segundo ele, isso não é uma coisa comum de acontecer, mas é possível.

Neste cenário, a pessoa fica no imóvel sem pagar nada, mas tem que dar o montante total pela entrada.

O contrário ele diz que também acontece, quando o proprietário pede apenas 4 meses de renda. Mas Giovani diz que não é comum.

“Mas o normal, para uma pessoa se planejar, são no mínimo seis rendas adiantadas.”

 

FIADOR BRASILEIRO

Ele explica que fiador brasileiro só é aceito se ele residir e trabalhar em Portugal.

“Precisa apresentar não só os contracheques do trabalho como também o imposto de renda daqui de Portugal.”

Segundo Giovani é compreensível que eles não aceitem um fiador que more no Brasil. Pois, caso haja algum problema, seria muito trabalhoso para o proprietário acionar a justiça brasileira e portuguesa para resolvê-lo.

cidade em portugal

Gostou da entrevista? Se quiser entrar em contato com o Giovani, clique aqui!

E, para saber mais sobre a vida de brasileiros que optaram por morar fora do Brasil, fica de olho no Bora Morar Fora para ser avisado das próximas entrevistas! Vai lá e curta a nossa página no Facebook e se inscreva lá no Canal do Youtube.


Quer a ajuda de uma equipe de consultores, advogados e contadores para te guiar nesta mudança importante? Abaixo os contatos da STROBEL E SANTOS, que garante o seu visto ou te devolve o dinheiro pago pela consultoria.

E, ao falar o código “BORAMORARFORA” você GANHA 10% DE DESCONTO na entrevista inicial.

  • Site: strobelesantos.com.br
  • Email: geral@strobelesantos.com.pt
  • Whatsapp: +351 910 633 202
  • Telefone: +55 41 3077-0928

Para saber mais sobre a vida de brasileiros que foram morar em PortugalClique aqui!

Tags:  

«
»

what do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *