TOP
Austrália Viajando Sozinho

“Dicas de uma estudante recém chegada a Sydney”

Entrevista com Fernanda Castanheira

Hoje conversei com a Fernanda Castanheira, estudante recém chegada a Sydney na Austrália que saiu de São José do Rio Preto, São Paulo, e decidiu buscar uma nova experiência de vida. Ela contou um pouco para a gente sobre seu processo, suas dificuldades, a busca por emprego, entre outras muitas dicas para quem está indo agora!

Dá uma olhada no vídeo da na nossa entrevista abaixo:

O QUE FAZIA ANTES DE MORAR FORA

Fernanda era comissária de bordo na Gol linhas aéreas e apesar de gostar do trabalho, queria mais da sua vida.

Bora Morar Fora

 

PORQUE MORAR FORA?

Ela conta que morar fora sempre foi um sonho que teve desde nova. Devido a não ser mais tão jovem, resolveu agarrar essa oportunidade agora!

“quis encarar esse desafio”

 

PORQUE ESCOLHEU SYDNEY?

Fernanda explica que seu primeiro passo foi falar com um amigo que indicou que ela fosse para Australia. Ele já estava por lá há 3 anos! Ela conta que os fatores abaixo fizeram ela optar pelo país do canguru:

  • ter praia;
  • ser uma país multicultural;
  • ter bastante diversidade de pessoas.

Ela conta que pesquisou bastante os diferentes lugares da austrália para ver qual o melhor, mas preferiu Sydney pois achou que teria mais oferta de emprego.

Bora Morar Fora

 

COMO FOI O PROCESSO ATÉ CHEGAR NA AUSTRALIA?

Fernanda conta que optou pela agência Experimento, que segundo ela é uma das mais conceituadas de São José do Rio Preto.

Ela explica que gastou R$ 20.000 dividido pela agencia em até seis vezes. Nesta valor estava incluso:

  • seguro saúde;
  • curso de 4 meses (carga horária Das 16h40 da tarde até 21h30);
  • passagem ida e volta.

Ela explica que para o visto de estudante tem que ter a passagem de volta com data já marcada, mas que é possível remaneja-la dentro de um ano.

 

MORANDO FORA

Início da vida fora do Brasil

Fernanda chegou a pouco, mas conta que está amando, segundo ela, lá a segurança funciona!

“Estou amando a segurança, a infra-estrutura.. ruas limpas, parques limpos”

Maiores dificuldades

Fernanda contou que o inglês e a locomoção foram suas maiores dificuldades desde que chegou.

Em relação ao inglês, ela conta que é um pouco diferente do americano e como não tem um inglês avançado, sentiu algumas dificuldades para se comunicar.

Em relação ao transporte, ela explica que não fazia idéia de como se locomover em Sydney. Indica a todos que estão indo para lá baixar o aplicativo “TripGo“, que informa todo o sistema de transporte da cidade.

Segundo o site do aplicativo, “com TripGo voce pode planejar o seu passeio, checar tarifas e hora, bilhetes de ônibus e trens, direção do trânsito, horários e serviço de alertas ao vivo”.

Fernanda disse que nunca presenciou um atraso maior do que o de 3min. Lá as coisas funcionam e é possível se planejar através do aplicativo e tendo um cartão “Opal”, que é similar ao nosso “Bilhete Único”.

Bora Morar Fora

 

Emprego

Fernanda deu uma dica super legal! Disse que é muito importante quando chegar ao país comentar com as pessoas que você está buscando emprego. Todos os empregos que arranjou foi através de indicação e por isso reforça que o boca a boca ajuda muito.

Hoje ela está trabalhando em duas funções:

  • Limpeza de residências e escritório: ela explica que quem chega com nível de inglês mais para o básico acaba trabalhando com limpeza, pois não precisa usar muito a lingua durante o serviço.
  • Babá: Fernanda está adorando e diz que é muito legal e uma excelente forma de aprimorar o inglês devido ao contato com a criança.

Ela conta também que na Austrália não existe subemprego. Lá qualquer trabalho é valorizado. O advogado e o engenheiro tem a mesma valorização que um profissional de limpeza e de cuidados com crianças.

Recomenda para quem quer trabalhar com os empregos acima estudar na parte da noite, pois os serviços são mais na parte da manhã. E quem quer trabalhar em bares e restaurante, optar pelo curso na parte da manhã.

Bora Morar Fora

 

Gastos

Sydney é uma das cidades mais caras da Austrália segundo Fernanda.

Ela conta que paga semanalmente de aluguel AUD $255 por um quarto em uma casa em Northern Beach que divide com um Australiano.

Fernanda explica que dentro deste valor estão inclusas as seguintes despesas:

  • internet;
  • gás;
  • água;
  • luz.

Ela fala que é possível achar quartos mais próximos ao centro da cidade no valor de AUD $200 e até mesmo de AUD $180, mas acabou optando pelo local devido a ser próximo a sua residência.

Outra de suas principais despesas é o mercado. Ela conta que logo que chegou, gastou aproximadamente AUD $300 na semana. Esse valor foi apenas por ser o primeiro mercado, hoje ela gasta em média AUD $50 por semana.

Uma dica legal, para aqueles que precisam economizar, é comprar marcas do mercado que eles chamam de “home brands“. Geralmente os mercados tem sua própria marca de produtos e o preço é bem mais em conta do que o normal.

Na Austrália tem dois grandes mercados onde se encontram produtos “home brands“, são eles o Coles e o Woolworths.

Bora Morar Fora

Alguns produtos “home brand” do mercado Woolworths

Renda

Fernanda explicou que lá o salário mínimo é AUD $17, ninguém pode ganhar menos do que isso lá. Abaixo seu remuneração em cada emprego:

  • Limpeza: AUD $18 por hora
  • Babá: AUD $20 por hora

Levando em consideração que um estudante só pode trabalhar 20 horas por semana. abaixo o salário mensal de cada profissão exercida por um estudante nas condições de Fernanda:

  • Limpeza: AUD $1.440 por mês
  • Babá: AUD $1.600 por mês

 

BEST SPOTS EM SYDNEY

Durante a entrevista Fernanda citou os lugares abaixo:

  • Praias
  • Parque Morissette, onde os cangurus ficam livres. Ela deu a dica de levar bananas, eles adoram!
  • Passear pela região de freshwater.
  • Ir ao Hard Rock Café no Darlin Harbor
Bora Morar Fora

Fernanda em sua visita ao Parque Morissette

DICA PARA QUEM QUER COMEÇAR AGORA ESSE SONHO

Fernanda conta que quando pensou em ir resolveu tirar logo visto de turismo.

Hoje ela se arrepende pois acabou pagando duas vezes pelo visto. A primeira pelo visto de turismo e a segunda porque decidiu que queria estudar e teve que pagar pelo visto de estudo.

Ela indica para todos que tem essa flexibilidade ir com o visto de estudante, pois assim você pode aprender bem a lingua e “de quebra” trabalhar legalmente no país!

Outras dicas importantes são:

  • ir com dinheiro suficiente para se manter por dois meses e não precisar passar perrengue;
  • abrir uma conta australiana já aqui do Brasil, assim você consegue daqui transferir o dinheiro.

 

Fernanda está realizando seu sonho de infância morando fora. E você? Quando vai começar a realizar o seu?

Se você curtiu essa entrevista, compartilhe nas redes sociais e marque seus amigos. =)

Tags:       

«
»

what do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *