TOP
Inglaterra Viajando em Casal Viajando Sozinho

“Trajetória de uma brasileira que morou 10 anos em Londres e ainda está pelo mundo”

TRAJETÓRIA DE UMA BRASILEIRA QUE MOROU 10 ANOS EM LONDRES E EM 5 OUTROS PAÍSES

A entrevistada de hoje é a Jules Balland, que morou 10 anos em Londres e, após essa vivencia na terra da rainha, acompanhou seu marido em sua trajetória profissional por outros 5 países. Durante a entrevista, ela conta para a gente:

  • como conseguiu morar por tanto tempo na Inglaterra;
  • quais foram suas principais dificuldades;
  • qual sua impressão em relação as mudanças de país;
  • qual o local que ela mais gostou;
  • o que você não pode deixar de lado ao iniciar uma vida fora;

Confira abaixo o vídeo na íntegra da nossa entrevista:

Abaixo, um resumo detalhado do nosso bate-papo:

 

PRIMEIRA PARADA: MORAR EM LONDRES

Jules conta que pensou em morar nos EUA, pois queria um país que falasse inglês. Porém, escolheu a Inglaterra devido ao:

  • processo para o visto ser mais fácil;
  • valor ser mais acessível.

Segundo ela, a ideia que era passar apenas um ano estudando inglês, mas acabou se apaixonando pela nova realidade e ficou mais nove anos na terra da rainha.

COMO FOI POSSÍVEL MORAR TODO ESSE TEMPO POR LÁ?
  • Visto de Estudante: fez um curso de inglês por 2 anos e meio até atingir a proficiência no idioma;
  • Visto de Estudante de ensino superior: fez faculdade de administração
  • Residência Permanente: requereu através da cidadania Italiana do seu marido.

Jules explica que ela não sabe como funciona hoje, mas na época haviam muitas oportunidades para um brasileiro morar por lá!

“Você chegava la na imigração, no aeroporto de Londres, com a matricula na escola e o local onde você vai ficar e eles te davam o visto na hora.”

TRAJETÓRIA DE UMA BRASILEIRA QUE MOROU 10 ANOS EM LONDRES E EM 5 OUTROS PAÍSES

MAIOR DIFICULDADE

Infelizmente, aconteceu com ela o que todos mais temem, seu pai faleceu durante o período que estava fora

“No momento que você precisa estar junto da sua família, eu não estava.”

Apesar da dificuldade que passou, ela diz que foca bastante na parte boa e que não se arrepende da sua escolha de ter ido morar fora.

Para ela, Londres foi um sonho realizado e mesmo com todos os momentos difíceis ela vê a oportunidade que teve como uma benção.

TRAJETÓRIA DE UMA BRASILEIRA QUE MOROU 10 ANOS EM LONDRES E EM 5 OUTROS PAÍSES

PRÓXIMA PARADA: MORAR NO MUNDO

Jules relata que ela e seu marido já estavam pensando em ter uma experiencia diferente em outro continente. Um dia, ele teve uma proposta de trabalho para ir morar na Tailândia e o casal decidiu embarcar em mais uma aventura.

Segundo ela, o país era tão diferente que acabou sentindo o famoso “choque cultural” e não curtiu tanto a experiencia quanto imaginava. Ela explica que não tem nada a ver com o país, mas sim com a sua maturidade naquela época.

De lá para cá, eles já mudaram mais 4 vezes para:

  • China
  • Indonésia
  • Japão
  • Emirados Arabes.

Em geral, Jules explica que apesar das dificuldades para acessar redes sociais na China ela adorou o país. Mas, se for para escolher um local preferido, para ela, sem dúvidas é a Inglaterra, pois:

  • foi fácil para se adaptar;
  • conhece tudo por lá;
  • acha o povo muito receptivo;
  • se sente em casa;

“Se alguém me perguntasse onde é minha casa, eu diria que é na Inglaterra.”

 

SUPER COMPANHEIRA

Jules conta que todas as mudanças de países ocorreram devido ao trabalho do seu marido.

Apesar de ver o pre conceito em algumas pessoas por ter escolhido deixar sua carreira profissional de lado e seguir seu companheiro, Jules conta que está muito bem com a sua decisão.

“Sou muito feliz na escolha que eu fiz e não escolheria diferente se eu tivesse a oportunidade de fazer.”

Segundo ela, quem está de fora não entende a complexidade e dificuldade que está vida acarreta. Por isso, Jules parabeniza todos que veem a beleza desta escolha e deixam o ego de lado para seguir com o propósito da união do casal.

O QUE É IMPORTANTE FAZER SE VOCÊ ESTÁ INDO ACOMPANHAR ALGUÉM?

Muitas pessoas se colocam uma culpa muito grande por não gerar renda e começam a assumir uma posição de desvantagem, onde escondem seus sentimentos para dar suporte ao outro.

Jules explica que o papel de uma pessoa que vai acompanhando é tão importante quanto o de quem é acompanhado. Por isso, ela aconselha não se tornar uma “rocha”, mas sim valorizar os sentimentos da mudança em igualdade.

“O direito dos seus sentimentos é igual ao da outra pessoa.”

TRAJETÓRIA DE UMA BRASILEIRA QUE MOROU 10 ANOS EM LONDRES E EM 5 OUTROS PAÍSES

DICA PARA QUEM ESTÁ INDO MORAR FORA

Jules dá algumas dicas para quem está indo morar fora agora:

  • Vá aberto para o novo, sem preconceitos;
  • Faça amizades, se abra para conhecer novas pessoas e amigos;
  • Procure ver sempre o lado bom das experiências.

“Você vai sentir saudades da sua família, você vai pensar que aquele domingo que você está trabalhando alguém está fazendo um churrasco, você vai perder aniversários… mas você também está ganhando! Nada na vida são só vitórias ou só perdas, ela é uma balança!”

TRAJETÓRIA DE UMA BRASILEIRA QUE MOROU 10 ANOS EM LONDRES E EM 5 OUTROS PAÍSES

E ai? Gostou da entrevista? Se quiser saber mais sobre a vida de outros brasileiros que decidiram realizar o sonho de morar fora, clique aqui!

E, para acompanhar todas as dicas do Bora Morar Fora  curta a nossa página no Facebook e se inscreva lá no Canal do Youtube.

«
»

what do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *