TOP
Portugal Viajando em Família

“VISTO D2 ATRAVÉS DA OLX”

Na entrevista de hoje, a Giuliana Vieira conta como ela conseguiu o visto D2 para morar em Portugal através da OLX. Ela explica “tim tim” por “tim tim” essa história e dá dicas para quem está pensando em fazer o mesmo!

Confira abaixo o vídeo na íntegra da nossa entrevista:

Se preferir a leitura, segue abaixo um resumo detalhado do nosso bate-papo:

 

MOTIVAÇÃO PARA MORAR EM PORTUGAL

Giuliana conta que suas principais motivações foram:

  • Insegurança no Brasil;
  • Falta de confiança na Política.

“Digo, desespero… Não tinha tranquilidade para ir a uma padaria.”

 

POR QUE ESCOLHEU ABRIR UM NEGÓCIO EM PORTUGAL?

Ela e seu marido venderam um imóvel e estavam decididos a abrir algo no Brasil.

Porém, depois de algumas pesquisas, viram que não valeria a pena:

  • Contratar funcionários;
  • Correr o risco de um assalto a mão armada – como ela já havia passado por isso anteriormente;
  • Continuar na insegurança;

Passados alguns dias, seu marido comentou que tinha um amigo que foi morar em Braga, em Portugal, e questionou se Giuliana aceitaria a proposta de mudar de país.

Ela conta que resolveu embarcar nesta nova jornada de vida!

“Eu topei!”

VISTO D2

O D2 é um visto para empreendedores que querem abrir ou dar continuidade a um empreendimento em Portugal e, com isso, fazer a economia do país girar.

Sabendo que tinha a possibilidade de ir para Portugal através dele, Giuliana precisou escolher a sua área de atuação.

Como já tinha experiencia no ramo alimentício, decidiu que abriria algo relacionado a esse segmento.

O próximo desafio era encontrar um negócio pois, hoje, Portugal exige que o candidato ao visto já tenha uma empresa funcionando no país luso e não apenas uma intenção de negócio, como era antigamente.

“Na entrevista no Consulado eles querem saber se o negócio já existe.”

 

ENCONTRANDO UMA EMPRESA NA OLX

Giuliana conta que em menos de um mês encontrou uma fruteria na OLX para venda e decidiu fazer o trâmite burocrático por “trespasse”, que é como os portugueses chamam quando uma pessoa passa o ponto.

Com isso, seus próximos passos foram:

  • Fazer uma intermediação por Skype com o proprietário do local;
  • pedir a um amigo para ir até o local ver se o imóvel era real;
  • fazer o pagamento ainda do Brasil;

“Eu não tinha nem passaporte quando comprei um negocio em Portugal”

Após a compra, Giuliana explica que tirou o passaporte e foi para Portugal analisar o seu mercado e tirar toda a documentação necessária para o negócio.

Segundo ela, em menos de 15 dias conseguiu:

  • tirar o NIF;
  • fazer o contrato da empresa;
  • fazer o contrato de arrendamento do ponto;
  • abrir a empresa em seu nome;
  • abrir conta física e jurídica no banco;

“Juntei tudo isso e voltei ao Brasil.”

 

DICAS PARA QUEM QUER IR MORAR EM PORTUGAL ATRAVÉS DO VISTO D2

De volta ao Brasil, Giuliana conta que correu com toda a papelada e seu visto saiu em 3 meses. Porém, atenta para pontos importantes no meio do caminho:

Estar disposto a arcar com os custos iniciais

Ela explica que sua loja ficou fechada por 5 meses e, neste período, ela teve que arcar com todos os custos da empresa.

Plano de Negócios

Segundo Giuliana, a parte mais difícil foi montar o plano de negócios. Pois, teve que juntar muitas informações, como:

  • fornecedor;
  • contatos;
  • concorrentes;
  • estratégias;
  • objetivo a curto, médio e longo prazo;

Porém, diz que foi muito bom ter feito e estudado todo o plano. Pois, foi muito questionada pelo consulado sobre todos os aspectos da empresa no momento da entrevista para obtenção do visto.

Ir para Portugal

Giuliana explica que apenas lá você vai conseguir sentir todos os aspectos do seu público.

Segundo ela, já foi questionada por uma brasileira sobre o que achava de abrir uma loja de chinelos bordados. Como resposta, Giuliana explicou que são apenas 4 meses de verão, então ela teria que pensar bem se valeria a pena.

“Para 4 meses de calor, você precisa ver como você vai sobreviver os outros 8”

Gostou da entrevista? Calma que ainda tem mais! Na próxima parte a Giuliana vai contar como foi sua adaptação e da sua família em Portugal!

Então fica de olho no Bora Morar Fora para ser avisado assim que a próxima parte sair! Vai lá e curta a nossa página no Facebook e se inscreva lá no Canal do Youtube.


Quer a ajuda de uma equipe de consultores, advogados e contadores para te guiar nesta mudança importante? Abaixo os contatos da STROBEL E SANTOS, que garante o seu visto ou te devolve o dinheiro pago pela consultoria.

E, ao falar o código “BORAMORARFORA” você GANHA 10% DE DESCONTO na entrevista inicial.

  • Site: strobelesantos.com.br
  • Email: geral@strobelesantos.com.pt
  • Whatsapp: +351 910 633 202
  • Telefone: +55 41 3077-0928

Para saber mais sobre a vida de brasileiros que foram morar em PortugalClique aqui!

Tags:  

«
»

what do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *